quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Dia Mundial da Amamentação


O bebê deve mamar quando der vontade, sem horários fixos. E não faltam motivos para oferecer o peito. 
Descubra agora porque é tão importante amamentar e o que você e o pequeno ganham com esse gesto de amor.

Vacina natural 
O leite materno oferece à criança nutrição da melhor qualidade, com uma grande variedade de substâncias que influenciam diretamente no seu crescimento e desenvolvimento, além de proteger contra uma série de males. 

Infecções intestinais, otites, pneumonias, alergias, asma, osteoporose, doenças degenerativas e diabates estão na lista. Quando mama no peito, a criança aprende a regular o ciclo sucção/deglutição/respiração, prevenindo problemas de fala e respiração. As vantagens seguem além do biológico e atingem a saúde mental 
do pequeno. O contato de pele com pele e olho no olho, durante a amamentação, estabelece um importante laço afetivo que atua do equilíbrio emocional do bebê, prevenindo o comportamento agressivo mais tarde.

Proteção e boa forma para a mãe 
Quando o bebê suga o seio da mãe, o corpo dela libera ocitocina, que é um hormônio que age na contração uterina,ajudando a expulsar a placenta e trazer o útero de volta ao tamanho normal. 

Outro hormônio liberado é a prolactina, que inibe a atividade dos ovários, funcionando como um anticoncepcional natural até o bebê completar seis meses. Os benefícios não param por aqui: ainda protege a mãe contra câncer de mama, doenças cardiovasculares e câncer de ovário, diminui a ansiedade e aumenta o vínculo afetivo com o bebê. 

Quer mais? A mulher que amamenta regularmente perde até 500 gramas de peso por mês como o corpo gasta um bocado de calorias para produzir leite, quem amamenta volta à forma mais rápido ou pode se dar ao luxo de comer mais sem engordar. 

Quanto mais tempo, melhor. A Organização Mundial da Saúde recomenda que todas as mães amamentem exclusivamente no peito até o sexto mês de vida da criança, momento em que podem ser introduzidos novos alimentos. 
Mas, se você puder continuar amamentando depois disso, vá em frente! O leite continua sendo uma importante fonte de vitaminas, calorias e sais minerais , explica a enfermeira Evanguelia Kotzias Atherino dos Santos, consultora internacional em aleitamento materno pelo International Board Certified Lactation Consultants (IBCLC).