segunda-feira, 30 de julho de 2012

Como são feitos os esmaltes?


Os esmaltes são amigos inseparáveis para a maioria das mulheres. Veja como é o processo de produção desse acessório tão básico no mundo feminino.

Os ingredientes usados são: bentone (uma argila modificada), plastificante (que forma aquela película na unha), solventes, nitrocelulose (que é uma resina) e pigmentos. Os ingredientes devem ser colocados na quantidade certa e no tempo certo. Isso implica diretamente na qualidade do produto.
Como toda "culinária" que se preza, os produtos são escolhidos e testados antes de serem usados.

A primeira etapa é a preparação do verniz, aquele que parece açúcar de confeiteiro. Dentro do tacho vão os solventes, o plastificante e a resina. Eles são agitados durante uma hora para que a resina se dissolva e a mistura fique homogênea. Em seguida, é preparado o anti-sedimentante, que vai impedir que os resíduos do esmalte se depositem no fundo do vidro. São misturados o bentone (a argila) e os solventes. Aí, mais duas horas batendo a "massa" para dissolver bem a argila. A base para todos os esmaltes é feita com a união de 60% do verniz e de 40% do anti-sedimentante. Agora, é o momento que o esmalte ganha cor. O pigmento é derramado no tacho, misturando-se aos poucos à base.

A última etapa é a filtragem. O esmalte passa por um "coador" de náilon para filtrar eventuais resíduos. Só então ele vai para galões, separados por cor. E, antes de ser envasado, é testado em laboratório.

Aí, depois de testado, o produto pronto vai direto para o setor de embalagens. O esmalte vai para os vidrinhos através de quatro mangueiras. A cada hora, 6 mil esmaltes são envasados.

Para colocar a tampa com o pincel, ocorrem dois processos: o manual, com os funcionários, e o automático, em que as tampinhas já chegam girando e as máquinas fazem tudo. Alguns vidros vão direto para a caixa. Outros são colocados em filmes de PVC que têm moldagem à vácuo.

Agora, estão prontos para seguir para as lojas. Cada vidrinho vai custar entre R$1,50 e R$ 5,00. Cada um tem 8 ml, o que dá para pintar as unhas de quatro pés e quatro mãos.

No estúdio, Ana Maria conversou com Patrícia Porta, consultora de esmaltes, e Márcia Castellani, manicure, sobre cores e tendências.

A consultora destaca que o esmalte deve ser usado como acessório e combinar com a roupa. Outra dica importante é que a cor do esmalte do pé não precisa ser igual ao esmalte da mão; o que precisa é ter uma combinação. Quanto ao tamanho das unhas, grande demais é considerado cafona. O ideal é, no máximo, 2 ou 3 milímetros.

Dicas de cores de esmalte para o verão: tonalidades de bege em tons pastéis (mais rosados ou até os beges com tons de telhas), pink, vermelho tomate (mais claro), cores mais fortes para fazer detalhes florais, como verde, amarelo, azul e laranja; branquinhos com detalhes e pontas com outras cores e flores.